crazy casino online A Intransparência Internacional

Os critérios ambíguos da Transparência Internacional e suas ligações suspeitas com a Operação Lava Jato

Transparência Internacional e a Lava Jato
Transparência Internacional e a Lava Jato (Foto: Divulgação/TI)


✅ Receba as notícias do Brasilcrazy casino online e da TVcrazy casino online no canal do Brasilcrazy casino online e na comunidadecrazy casino online no WhatsApp.

O incompreensível rebaixamento do Brasil no Índex Anti-Corrupção da ONG Transparência Internacional despertou uma sériecrazy casino onlinecríticas sobrecrazy casino onlineSeção Brasil, com suas antepassadas ligações suspeitas com as atividades indecorosas da Operação Lava Jato e seus projetados lucros financeiros para formar uma Fundação a partircrazy casino onlineiniciativas do ex-procurador Deltan Dallagnol.

Esta matéria da revista Carta Capital,crazy casino onlineAna Flávia Gussen, publicadacrazy casino online13/03/2021, sintetiza a sériecrazy casino onlineacusações levantadas contra a ONG e o procurador-líder da Lava Jato, reproduzindo, inclusive, uma cartacrazy casino onlineque a TI Brasil as nega, dizendo-se “perseguida”. Estas acusações contra a Seção Brasil tiveram ampla repercussão internacional.

É claro que por outro lado, a queda do Brasil no Índex foi anotada e saudada por inimigos tradicionais do governo liderado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como O Globo e o ex-juiz Sérgio Moro.

Mas não é só a Seção Brasil da TI que está sob suspeita. Uma sériecrazy casino onlineacusações, suspeitas e críticas também cerca a matriz da organização, fundadacrazy casino online1993 por ex-altos funcionários do Banco Mundial, com sedecrazy casino onlineBerlim, na Alemanha.

Entre seus muitos serviços e várias publicações, a ONG divulga um “Barômetro da Corrupção Global” e o seu “Índex (ou Índice)crazy casino onlinePercepções da Corrupção”.

O “Barômetro” divulga o resultadocrazy casino onlineuma ampla pesquisacrazy casino onlineopinião, levada a cabocrazy casino onlinedezenascrazy casino onlinepaíses, perguntando coisas como “se o pesquisado pagou no anocrazy casino onlineexame algum tipocrazy casino onlinesuborno” a alguma autoridade públicacrazy casino onlineseu país. É considerada a pesquisa e consequente publicação “popular” da ONG.

Já o “Índex” divulga o resultadocrazy casino onlineconsultas feitas a “especialistas” e “businessmen” (ou seja, gente do setor empresarial) e ONGs locais ou regionais sobre a corrupçãocrazy casino onlineorganismos públicos, no mundo inteiro, estabelecendo uma classificação destes países analisados.

As críticas começam pela metodologia e universo das pesquisas. Em ambos os casos o alvo destas críticas aponta para a subjetividade das avaliações, apesar dos cuidados nas pesquisas, visando garantir uma certa pluralidadecrazy casino onlinepontoscrazy casino onlinevista.

Mas há mais. Uma das críticas mais amplas sobre estes procedimentos aponta que o universo pesquisado se limita à análise do setor público, excluindo o setor privado. Alega-se, por exemplo, que o escândalo da financeira Lehman Brothers,crazy casino online2008, cuja falência foi causada por especulações indevidascrazy casino onlinetornocrazy casino onlinehipotecas imobiliárias, não influiu na avaliação dos Estados Unidos. Nem a manipulação feitacrazy casino online2011 por bancos ingleses do chamado “Libor”, os índices financeiros no mercadocrazy casino onlinecapitais, teve qualquer influência na avaliação do Reino Unido.

Comparando as situações, seria como se o escândalo das Lojas Americanas no Brasil não devesse influircrazy casino onlinenada na avaliação do nosso país. Ou que as acusaçõescrazy casino onlinelavagemcrazy casino onlinedinheiro ou trânsitocrazy casino onlinecapitais para paraísos fiscais a fimcrazy casino onlinedriblar as receitas federais, práticas comuns no sistema bancáriocrazy casino onlinevários países tidos como “sérios” e bem colocados no Índex (Inglaterra, Irlanda, Holanda, Luxemburgo, Suíça, entre outros) não devessem ter qualquer influência nas respectivas avaliações.

Uma outra dúvida levantada diz respeito ao modo como os relatórios são elaborados, dependendocrazy casino onlineavaliações feitas por agentes dispersos pelo planeta, que têm seus próprios critérios locais e regionais.

Há acusaçõescrazy casino onlineque a ONG recebeu financiamentoscrazy casino onlineempresas denunciadas por práticascrazy casino onlinecorrupção. O caso mais notório é o da empresa alemã Siemens, ré confessacrazy casino onlinetais práticas ilegaiscrazy casino onlinerelação a pelo menos dez países, entre eles os “probos” Israel e Noruega. Ela doou 3 milhõescrazy casino onlinedólares para a ONG centralcrazy casino online2014, alémcrazy casino onlinefazer outras doações para várias seções locais, como partecrazy casino onlineum esforço para “limpar”crazy casino onlinereputação depois das denúnciascrazy casino onlineque foi alvo.

Do pontocrazy casino onlinevista político stricto sensu o caso mais complicado para a ONG aconteceucrazy casino online2013. No encontro anual que promove as seções da Alemanha e da Irlanda apresentaram uma moção pedindo que ela se manifestassecrazy casino onlinefavor da extinção das acusações contra Edward Snowden, o whistleblower que denunciou os esquemascrazy casino onlineespionagem por parte dos serviçoscrazy casino onlineinteligência norte-americanos ao redor do mundo. Entretanto pressões por parte da Seção dos Estados Unidos fizeram com que qualquer menção ao caso fosse eliminada da declaração final.

Devido a irregularidadescrazy casino onlinesuas práticas a Seção norte-americana foi descredenciadacrazy casino online2017, sendo restabelecidacrazy casino online2020. O mesmo já aconteceracrazy casino onlinerelação à Seção da Croáciacrazy casino online2015.

Finalmente, deve-se mencionar que há acusações, apontadas por exemplo, no jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitungcrazy casino onlineabusos cometidos por dirigentes da ONGcrazy casino onlinerelação a funcionários e funcionárias.

Todos os dados aqui mencionados podem ser buscados numa consulta ao verbete da Wikipédia (pelo menoscrazy casino onlineinglês) sobre a ONG e nas fontes ali citadas.

Em 2016 a TI concedeu seu prêmio anual por combate à corrupção à brasileira Operação Lava Jato. O ex-procurador Deltan Dallagnol veio a Berlim para receber com grande pompa o prêmio, sendo recebido com tapete vermelho e demais honrarias.

Na ocasião, graças a um amigo comum, pude me encontrarcrazy casino onlineBerlim com um dos dirigentes do setor latino-americano no organismo central. Adverti-o das controvérsias sobre a Operação. Com honestidade, me referi ao fatocrazy casino onlineque havia no Brasil: 1. entusiastas da Operação,crazy casino onlinegeral conservadores, anti-petistas, partidários da oposição aos governoscrazy casino onlineesquerda; 2. céticos, isto é, aqueles que achavam que tudo aquilo era “muito barulho” que dariacrazy casino onlinenada; 3. críticos moderados, que achavam que a Operação cometia uma sériecrazy casino onlineirregularidades, mas que era “o melhor que havia”; 4. descrentes, que, como eu, viam nela uma vasta conspiraçãocrazy casino onlinelawfare para derrubar a governança das esquerdas, perseguir dirigentes do PT e outros, inclusive o então ex-presidente Lula, desmoralizar a Petrobras e as empreiteiras brasileiras que faziam concorrência às norte-americanas, cometendo os procuradores e o juiz Sérgio Moro uma sériecrazy casino onlineilícitos judiciaiscrazy casino onlinetoda a sorte.  O dirigente da TI ficou algo impressionado pelo que eu dizia, mas saiu pela tangente, dizendo que optava pela versão número 3: se problemas aconteciam, era ela “o melhor que havia”.

Quando as denúncias contra a Lava Jato se avolumaramcrazy casino onlinemodo provado e cabal, eu e mais alguns amigos enviamos mensagens à ONG cobrando uma posição e arguindo pela suspensão daquela premiação nefanda e nefasta. Recebemos algumas respostas evasivas e foi tudo. Como já dissecrazy casino onlineoutra ocasião, o resto foi silêncio. Um silêncio ensurdecedor.  

*Flávio Aguiar, jornalista e escritor, é professor aposentadocrazy casino onlineliteratura brasileira na USP. Autor, entre outros livros, de Crônicas do mundo ao revés (Boitempo). [https://amzn.to/48UDikx]

Assine ocrazy casino online, apoie por Pix, inscreva-se na TVcrazy casino online, no canal Cortescrazy casino online e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasilcrazy casino online e écrazy casino onlineresponsabilidade do colunista.

crazy casino online

comentários

Fontes de referência

  1. mega sena jogar internet
  2. app caca niquel
  3. estrela bet cartao de credito
  • sportingbet
  • jogos cartas gratis
  • esporte bet jogos de hoje
  • esporte bet jogos de hoje
  • roleta online de 1 a 60
  • joguinho para ganhar dinheiro
  • aplicativo de apostas grátis
  • Os crazy casino online comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não docrazy casino online

    Facebook YouTube Twitter Instagram Flickr Spotify SoundCloud Telegram

    Ao vivo na TVcrazy casino online

    Cortescrazy casino online